Empresas vão investir R$ 3,7 bi em ferrovias

As concessionárias de transportes ferroviários que atuam no Brasil deverão investir R$ 3,7 bilhões neste ano. A estimativa consta do balanço do desempenho do setor que será divulgado nos próximos dias pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Se for concretizada, essa projeção de investimentos representará um crescimento de 54% em relação aos R$ 2,454 bilhões investidos no segmento no ano passado.Em 2005, os investimentos das concessionárias somaram R$ 3,192 bilhões. O diretor-geral da ANTT, José Alexandre Resende, explicou que o volume de investimentos de 2006 foi menor que o do ano anterior porque muitos projetos previstos para 2006 acabaram sendo antecipados e realizados em 2005 mesmo.Resende disse que a maior parte dos R$ 3,7 bilhões previstos para este ano está concentrada na aquisição de "material rodante". "Há muitos investimentos em infra-estrutura, mas a maior parte refere-se à compra de material rodante, como vagões e locomotivas", disse Resende. O levantamento estima ainda que, neste ano, as encomendas de novos vagões aos fabricantes nacionais deverão chegar a 6.700 unidades, ante os 4 mil vagões produzidos em 2006. Em 2005, porém, o ritmo de encomendas foi mais forte. Naquele ano, as ferrovias encomendaram 7.500 novas unidades à indústria. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.