coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Empréstimos do BNDES para exportações crescem 14%

Os empréstimos do BNDES para as exportações cresceram 14% este ano em relação a igual período do ano passado, segundo dados divulgados hoje pelo presidente da instituição Eleazar de Carvalho. No período de janeiro a junho deste ano o banco liberou o equivalente a US$ 1,650 bilhão para as atividades de exportação (dados até o último dia 18), enquanto nos seis primeiros meses do ano passado as liberações do Exim, (braço do BNDES para as exportações), somaram US$ 1,147 bilhão.Essa recuperação resulta principalmente de operação para os clientes da Embraer, que assume importância cada vez maior na carteira do banco. Nos primeiros cinco meses do ano, o BNDES aprovou R$ 2,5 bilhões para as empresas interessadas em comprar aviões da Embraer, o que correspondia a quase metade dos R$ 5,2 bilhões aprovados pela instituição para o setor industrial no mesmo período. O BNDES já financiou 364 aeronaves da Embraer.

Agencia Estado,

20 de junho de 2002 | 18h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.