Empréstimos na China totalizam 1,39 tri de iuans em janeiro

A determinação do governo da China em conter a força da economia ficou evidente nos dados de empréstimos de janeiro, divulgados nesta quinta-feira.

REUTERS

11 de fevereiro de 2010 | 09h17

Os bancos emprestaram 1,39 trilhão de iuans em janeiro. Foi o terceiro maior valor mensal da série histórica e superou a previsão de analistas de 1,35 trilhão de iuans, mas dado que até meados do mês os empréstimos haviam já totalizado 1,1 trilhão de iuans, o número do período todo mostra o êxito do governo em conter o ritmo desde então.

Os bancos emprestaram um recorde de 1,62 trilhão de iuans (237,3 bilhões de dólares) em janeiro do ano passado, quando o governo pediu ajuda para estimular a economia em meio à crise financeira mundial.

Tudo o que sabemos sobre:
MACRO, CHINA, EMPRESTIMOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.