Encomendas à indústria na Itália caem 1,5% em setembro

As encomendas à indústria da Itália recuaram 1,5% em setembro, ante agosto, revertendo um aumento mensal de igual porcentagem em agosto, afirmou o instituto nacional de estatísticas, o Istat, com dados ajustados sazonalmente. Os pedidos recuaram 0,4% no ano, em termos não ajustados.

Estadão Conteúdo

20 de novembro de 2014 | 08h25

A queda mensal de setembro foi puxada por uma contração de 2,0% nas encomendas estrangeiras, enquanto os pedidos domésticos caíram 1,2%.

As vendas na indústria tiveram baixa de 0,4% no mês, em termos ajustados sazonalmente, com uma contração de 1,4% no mercado externo, afirmou o Istat. As vendas caíram 2,2% no ano, em termos ajustados à jornada de trabalho, lideradas por uma queda de 3,7% no mercado doméstico, de acordo com o Istat. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Itáliaindústriaencomendassetembro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.