Encomendas à indústria nos EUA crescem acima do esperado

As encomendas à indústria dos EUA cresceram 4,3% em março, para US$ 360,72 bilhões, depois de um ganho revisado para cima de 1,1% registrado em fevereiro, informou o Departamento de Comércio do país. O número originalmente divulgado em fevereiro havia sido de alta de 0,3%. O crescimento registrado em março ficou bem acima da estimativa média de analistas, que era de expansão de 2,3%, e foi o maior registrado desde julho de 2002.As encomendas de bens não duráveis cresceram 3,5% em março, depois de terem caído 1,8% em fevereiro. As encomendas de bens de consumo subiram 3,4%, depois de terem recuado 0,4% em fevereiro, enquanto as encomendas de bens de consumo duráveis aumentaram 3,7% e as de bens não duráveis expandiram 3,3%.A demanda por bens relacionados a transportes aumentaram 4,1%, depois de terem crescido 11% em fevereiro. A demanda por carros e autopeças avançou 4,8%. As encomendas de bens de capital relacionados à defesa recuaram 7,1% em março. A demanda por bens de capital não relacionados à defesa aumentou 4,2%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.