Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Encomendas de bens duráveis caem mais que o previsto nos EUA

As encomendas de bens duráveis caíram mais do que o esperado em abril, segundo dados divulgados pelo Departamento do Comércio hoje. As encomendas caíram 2,4% naquele mês, para US$ 168,93 bilhões, maior retração mensal desde setembro. Analistas esperavam que as encomendas caíssem 1,5%. Em março, as encomendas recuaram 1,4%, segundo revisão de estimativa anterior de retração de 1,5%. Os números sobre as encomendas de bens duráveis são altamente voláteis e analistas advertem para a utilização de dados mensais como indicador da atividade econômica. De acordo com o relatório divulgado, houve queda nas encomendas em praticamente todos os segmentos, com exceção de metais primários, aviões civis, computadores e produtos relacionados. As encomendas ao setor de transportes recuaram 5,4% em abril, influenciadas por queda de 3% nas encomendas de carros e partes. As encomendas de aviões civis saltaram 48,6%. Excluindo transportes, as encomendas recuaram 1,2% em abril. As encomendas de bens de defesa caíram 19,4% em abril; excluindo este segmento, as encomendas registraram desaceleração de 1,5%. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

28 de maio de 2003 | 11h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.