Encomendas de bens duráveis nos EUA recuperam-se em maio

A demanda por bens manufaturados duráveis norte-americanos recuperou-se mais do que o esperado em maio e a medida sobre planos de investimento empresarial aumentou, mas a desaceleração da economia global sugere que a dinâmica pode não ser sustentada.

REUTERS

27 de junho de 2012 | 09h45

As encomendas de bens duráveis subiram 1,1 por cento, informou nesta quarta-feira o Departamento do Comércio, após um declínio de 0,2 por cento no mês anterior, segundo dados revisados.

Economistas consultados pela Reuters esperavam que os pedidos de bens duráveis, que variam de torradeiras a aeronaves e que devem durar mais de três anos, subissem 0,4 por cento, após uma leitura estável previamente reportada em abril.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAENCOMENDAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.