Encomendas de bens duráveis nos EUA têm menor nível em 6 anos

As novas encomendas de bens duráveis nos Estados Unidos recuaram pelo sexto mês consecutivo em janeiro, à medida em que a crise global afetou as exportações e a demanda interna mostrou-se fraca, segundo dados desta quinta-feira. O Departamento de Comércio informou que a queda foi de 5,2 por cento, para 163,8 bilhões de dólares, o menor nível desde dezembro de 2002. O recuo das encomendas em dezembro foi revisto de 3 para 4,6 por cento. Analistas consultados pela Reuters previam uma queda de 2,5 por cento para janeiro. Excluindo transportes, as novas encomendas de bens duráveis recuaram 2,5 por cento em janeiro. As encomendas de bens de capital fora do setor de defesa --uma medida do gasto empresarial-- declinou 5,4 por cento no mês, ante baixa de 5,8 por cento em dezembro. (Por Lucia Mutikani)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.