Endividada, região espanhola de Valência pede ajuda ao governo

Comunidade Valenciana pedirá ajuda ao governo para dar liquidez a financiamentos;  governou aprovou a criação de um fundo de suporte às regiões em crise no país

Reuters

20 de julho de 2012 | 13h41

MADRI - A região espanhola de Valência, fortemente endividada, afirmou nesta sexta-feira que pedirá ajuda a um mecanismo do governo central para dar liquidez às comunidades com problemas de financiamento.

"A Comunidade Valenciana, assim como acontece em outros locais, está sofrendo as consequências das restrições de liquidez impostas aos mercados como consequência da atual crise econômica", disse o governo da região.

O governo central da Espanha aprovou em 13 de julho a criação de um fundo de 18 bilhões de euros para dar suporte às finanças das regiões do país.

O pedido de ajuda de Valência ampliou as dúvidas nos mercados sobre a capacidade da Espanha de conseguir financiamento, o que se refletiu em uma queda do euro para a mínima da sessão.

(Reportagem de Tomás Cobos)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROVALENCIAAJUDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.