Energia: central de queixas para cliente

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai lançar uma campanha publicitária para que os 47 milhões de consumidores das 64 distribuidoras de energia elétrica do País saibam os seus direitos. O objetivo é possibilitar que esses clientes cobrem dessas concessionárias uma melhor qualidade de serviços e o respeito para com o consumidor. O serviço, chamado call center, da Aneel entrou em operação no início deste ano. Durante 3 meses, o serviço funcionou de forma experimental. Segundo o diretor da Aneel, Eduardo Henrique Ellery Filho, neste período foram feitas 70 mil queixas contra os serviços prestados pelas concessionárias de energia elétrica. Cerca de 13 mil reclamações, segundo ele, acabaram sendo resolvidas pelas atendentes da Aneel.As denúncias feitas à central de atendimento são apuradas e respondidas para os consumidores num prazo mínimo de 3 dias, para as questões menos complexas, e máximo de 52 dias, para os problemas que demandam uma investigação mais detalhada. Ainda segundo o balanço do call center, 70% dos casos encaminhados à Aneel são favoráveis aos consumidores.Da quantidade de queixas nas quais eram corretas, 98% dos casos foram solucionados. A falta de energia elétrica é a campeã no ranking de reclamações, com 62% das queixas. Através da central 0800-612010 é possível fazer qualquer queixa sobre o desrespeito aos direitos dos consumidores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.