Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Energia: como reduzir o consumo dos computadores

Como se pode reduzir o consumo de energia do computador? No que diz respeito a residências e pequenas empresas, os gastos de energia com o computador pesam pouco sobre o total. Já nas empresas, os gastos são consideráveis.Um computador raramente consome mais de 200 watts e um monitor passa um pouco dos 100 watts. Ainda assim, cada watt resulta em aquecimento e elevação de temperatura. No interior do computador, os componentes geram um fluxo de ar quente normalmente superior a 60 graus. Este calor eleva a temperatura do ambiente e o ar condicionado precisa trabalhar mais para compensar a elevação.Podemos reduzir o desperdício de energia quando o computador não estiver em uso, através do quadro de configurações de energia. Para chegar às funções de economia de energia, use o quadro de propriedades de vídeo e a guia Proteção de tela. Escolha um protetor de tela que mantenha a maior parte da tela preta, com o mínimo de objetos não pretos em movimento. Quanto mais claridade na tela, maior é o consumo do monitor, e vice-versa. Regule o brilho e o contraste do monitor para um nível não muito exagerado. Programe o protetor de tela para que entre em ação depois de 1 minuto. Ainda no quadro de proteção de tela, clique no botão Configurações para ter acesso aos demais recursos de economia de energia. Programe as seguintes opções: - Desligar monitor após: 2 minutos; - Desligar discos rígidos após 3 minutos; - Sistema em espera após 5 minutos. Se existir uma guia Hibernação, programe-a para 15 minutos.Outra providência importante é reduzir a iluminação do ambiente, dentro de limites aceitáveis. Quando o ambiente está menos claro, podemos usar também a tela do monitor com menor intensidade, e ainda assim com boa visibilidade.

Agencia Estado,

22 de maio de 2001 | 08h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.