Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Energia: crise reduz preço de aparelhos elétricos

A crise de energia provocou uma queda no preço dos aparelhos elétricos. De acordo com uma pesquisa divulgada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o subgrupo de aparelhos de imagem e som fechou com queda de 0,40% e os eletroeletrônicos com queda de 0,79%. Os aparelhos que tiveram maiores quedas nos preços foram: máquina de lavar roupa (0,90%), geladeira (0,32%), batedeira (3,17%), chuveiro elétrico (0,86%), liqüidificador (1,41%), ferro elétrico (1,78%), videocassete (0,40%) e aparelho de som (0,85%), entre outros.Segundo avaliação do coordenador da Pesquisa de Preços da Fundação Instituo de Pesquisas Econômicas (Fipe), Heron do Carmo, o comportamento desses produtos mostra que o efeito do racionamento de energia elétrica, ao contrário do que se esperava, serviu mais para reduzir do que para elevar preços.

Agencia Estado,

12 de junho de 2001 | 15h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.