Energia elétrica e óleo diesel caros incentivam energia solar na Grécia

Em meio à grave recessão na economia europeia, setor de equipamentos solares cresce e exporta

Reuters,

26 de abril de 2013 | 11h16

ATENAS - Em meio a uma das piores crises econômicas da sua história recente, a Gréciae vem conseguindo ampliar as exportações de sistemas de aquecimento solar de água, um sucesso raro para o país mediterrâneo em recessão com economia fortemente dependente de importações.

As exportações de aquecedores solar de água, caldeiras de aquecimento e outros equipamentos cresceram 4,7% e 13,4%, respectivamente, em 2011 e 2012.

De acordo com a associação que congrega as empresas do setor, a demanda por coletores de aquecimento solar de água no mercado interno também aumentou 5,6% no período, empurrado por um aumento no preço da energia elétrica e óleo para aquecimento.

A demanda interna por energia solar e caldeiras de aquecimento de água caiu 2,5%.

A foto mostra uma visão geral de um sistema de aquecimento solar de água gigante, usado por uma indústria de produção e importação de flragrâncias, cosméticos e produtos de uso doméstico, na área Oinofyta, cerca de 30 quilômetros ao norte de Atenas.

Tudo o que sabemos sobre:
energiasolargrécia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.