Energia elétrica no atacado cai a preço mínimo do ano

Os preços de referência da energia elétrica no mercado de atacado caíram para R$ 71,08 por megawatt-hora (MWh) nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Norte para os negócios a serem concluídos na semana que vem, o que representa queda de 59,3% em relação ao patamar atual. Esse é o menor nível de preços no mercado livre de energia este ano e reflete a recuperação dos reservatórios das grandes hidrelétricas nas últimas semanas.Em relação a igual período do ano passado, porém, os preços da energia no atacado continuam muito elevados, já que o MWh na região Sudeste e Centro-Oeste estava em R$ 17,59 no final de março de 2007 e em R$ 38,12 em março de 2006.Para a Região Nordeste os preços estão em R$ 80,48 por MWh e para a Região Sul, R$ 85,51, conforme os dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).ReservatóriosOs reservatórios das grandes hidrelétricas continuam em recuperação firme, conforme os dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e já superam os níveis mínimos fixados pelo governo para o final do atual período de chuvas. A meta era chegar a abril com o nível dos reservatórios em torno de 68% na Região Sudeste, mas ontem essas usinas já estavam com o nível de 74,8%, o que representa uma folga de 9,3 pontos percentuais em relação aos níveis mínimos de segurança.No Nordeste o nível subiu para 57,6% da capacidade, com 25,2 pontos percentuais de folga em relação aos níveis de segurança. A única região que está perdendo água nos reservatórios é o Sul, onde o nível caiu para 43,6%. Ainda assim esse patamar está com folga de 24,6 pontos percentuais em relação à curva de risco. Outro aspecto é que o regime de chuvas na Região Sul se acentua a partir de maio, ao contrário das demais regiões brasileiras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.