Energia fica mais cara no Nordeste a partir de domingo

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou nesta quinta-feira os índices de revisão tarifária de quatro distribuidoras de energia no Nordeste, que entrarão em vigor no domingo. Para a Companhia Energética do Maranhão (Cemar), o índice médio de aumento será de 10,96%; para a Companhia Energética do Piauí (Cepisa), de 16,47; para a Sociedade Anônima de Eletrificação da Paraíba (Saelpa), de 14,26% e, para a Companhia Energética de Alagoas (Ceal), de 7,21%.Todos os índices excluem a PIS/Cofins, que será agregada posteriormente à conta de energia elétrica. A Aneel estabeleceu reajustes diferenciados de acordo com as classes de consumidores. No caso dos residenciais, o reajuste médio da Cemar será de 4,97%; o da Cepisa, de 12,95%; da Saelpa, de 15,37%, e da Ceal, de 5,60%. Para os consumidores industriais na Cemar, o reajuste médio variará de 10,85% a 18,86%; na Cepisa, de 13,83% a 23,82%; na Saelpa, de 16,69% a 17,34% e, na Ceal, de 8,23% a 8,82%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.