Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Energia mais barata e 100% renovável: os trunfos da Enel Trading no Mercado Livre
Conteúdo Patrocinado

Energia mais barata e 100% renovável: os trunfos da Enel Trading no Mercado Livre

Enel Trading é a melhor opção de parceria para empresas que querem aderir ao Mercado Livre

Enel Trading, Media Lab Estadão
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

24 de novembro de 2020 | 10h29

Pagar menos pela energia e, ao mesmo tempo, contribuir para a sustentabilidade: essa é a atraente combinação proporcionada pela Enel Trading no Mercado Livre de Energia. Trata-se de um ambiente de contratação de energia elétrica em que os fornecedores e os clientes podem negociar livremente as condições comerciais relacionadas a preço, montantes de fornecimento, prazo, entre várias outras.

A oportunidade está disponível no Brasil para empresas com demanda contratada mínima de 500 kW. Como o limite de 500 kW pode ser alcançado pela comunhão de cargas (somatório da demanda de empresas com a mesma raiz de CNPJ, matriz e filiais) ou pelo somatório da demanda de unidades consumidoras localizadas em áreas contíguas, sem separação por vias públicas, entram nessa conta redes de supermercados, de hospitais, de hotéis e de lojas, shoppings, siderúrgicas, empresas de saneamento e outras indústrias de diversos segmentos.

De acordo com a Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel), o preço da energia pago pelos consumidores participantes do Mercado Livre foi, em média, 34% menor no ano passado. A tarifa de energia média das distribuidoras para os clientes cativos foi de R$ 253/MWh, e no Mercado Livre esse valor foi de R$ 167/MWh no ano de 2019, o que representa uma economia de 34%. Outra grande vantagem é a previsibilidade do preço.

Vantagens multiplicadas

Ao escolher como parceira dessa transição a Enel Trading, a nova comercializadora de energia da Enel no Brasil, as vantagens se multiplicam. Uma delas é a possibilidade de adquirir energia renovável e certificada.

Maior empresa de distribuição de energia elétrica do Brasil – está presente em 24 estados, levando energia para mais de 17,1 milhões de clientes –, a Enel exerce papel de liderança no desenvolvimento das fontes renováveis. É a maior produtora de energia solar e eólica do País, gerada pela Enel Green Power, considerando-se a soma de MW em operação nessas modalidades.

Globalmente, a Enel é uma empresa multinacional de energia e líder integrada nos setores de energia, gás e renováveis. É a maior empresa da Europa em termos de EBITDA recorrente e está presente em mais de 30 países globalmente, produzindo energia com mais de 86 GW de capacidade instalada. A Enel distribui energia por meio de uma rede de mais de 2,2 milhões de quilômetros, e, com cerca de 74 milhões de clientes finais – residenciais e corporativos – globalmente, o grupo conta com a maior base global de clientes entre seus pares europeus. Essa tradição e solidez a transformam na parceira ideal para que o cliente se sinta seguro ao fechar um contrato de longo prazo.

Além da segurança proporcionada pelo portfólio de geração própria de energia renovável do grupo, a Enel Trading tem como outro grande diferencial a equipe de especialistas qualificados, presentes em 14 estados brasileiros, que atendem a todas as regiões e estados do País. São profissionais prontos para resolver quaisquer dúvidas, analisar o negócio e o segmento específico, fazer simulações a partir do perfil de consumo e da localização e oferecer soluções customizadas para as necessidades de cada cliente. “Tudo isso com muita flexibilidade nas negociações”, diz o diretor de Gestão de Energia e Comercialização da Enel no Brasil, Javier Alonso.

Tendência crescente

Alonso ressalta que a Enel está acompanhando de perto os avanços tecnológicos, além das aspirações e das mudanças de comportamento dos consumidores. “A portabilidade da conta de luz e a migração para o Mercado Livre de Energia são tendências que se aplicarão, num futuro próximo, a um número cada vez maior de consumidores”, ele projeta.

A possibilidade de escolha do produto e do fornecedor aumentará a concorrência, trazendo para o consumidor um maior poder de negociação. Outra tendência crescente é o desejo de contribuir para uma matriz energética mais sustentável.

“Acreditamos que, dentro de dez anos, teremos uma evolução muito grande do setor elétrico e do Mercado Livre propriamente dito. Atualmente, 31% do consumo de todo o País é atrelado ao Mercado Livre de Energia. Em poucos anos, acreditamos que 50% do consumo total do Brasil poderá estar no ambiente livre”, analisa Alonso.

Para saber mais sobre o Mercado Livre de Energia e a Enel Trading, entre em contato com um consultor pelo 0800 000 3536 ou consulte o site enelenergialivre.com.br.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.