Energia nuclear nos EUA bate recorde

A produção de energia nuclear atingiu novo recorde nos Estados Unidos no ano passado, somando 806,5 bilhões de quilowatts-hora de eletricidade, segundo informações divulgadas hoje pela Energy Information Administration (EIA), órgão do governo americano que acompanha o setor de energia naquele país. O setor nuclear respondeu por cerca de 20% do total de energia elétrica consumida nos Estados Unidos, com 104 reatores ativos, complementou a EIA. A produção de energia nuclear do ano passado ficou 2,4% acima da observada em 2006 e representa mais de duas vezes o consumo total de eletricidade no Brasil, que ficou próximo a 345 bilhões de quilowatts-hora, conforme dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE).A EIA atribui o aumento registrado no ano passado basicamente ao uso mais intenso dos geradores, com o chamado "fator de capacidade" (uso efetivo em relação ao uso potencial) atingindo 91,8% do total, ante os 89,9% de 2006. Segundo a agência americana, o total de reatores ativos está abaixo dos existentes em 1990, quando somavam 112 unidades. Nesse período, porém, houve grande aumento na capacidade, que naquele ano era de 577 bilhões de quilowatts-hora. A EIA atribui o fato ao uso mais intenso dos reatores em operação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.