Engenheiros da Nokia desmontam telefone de rival e denunciam pirataria

Filandesa tem ordem judicial que proíbe fábrica de Taiwan de usar peças que ela desenvolveu

Efe,

23 de abril de 2013 | 10h55

LONDRES - A Nokia obteve uma ordem judicial na Holanda que proíbe a fabricante de peças STMicroelectronics de vender componentes de microfones inventados pela Nokia para a taiwanesa HTC.

A HTC vinha usando estas peças no seu aparelho HTC ONE. Engenheiros da Nokia desmontaram um aparelho HTC One e descobriram os componentes de alta amplitude que ela inventou.

A Nokia emitiu um comunicado afirmando que a  HTC não tem licença e nem autorização para usar estes microfones ou qualquer tecnologia por ela desenvolvida.

O mandado judicial proíbe a STMicroelectronics de vender os microfones a qualquer outra empresa que não seja a Nokia, que detem os direitos de patente. A decisão vale até março de 2014.

Tudo o que sabemos sobre:
Nokiacelulartelefoniapirataria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.