'Enquanto eu for presidente, Oi será nacional', diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou ontem que, enquanto for presidente, a Oi terá o controle brasileiro, ao comentar a operação de entrada da Portugal Telecom (PT) na "supertele" nacional. "A única coisa que eu posso garantir para vocês é que, enquanto eu for presidente, a empresa vai continuar uma empresa nacional", disse.

, O Estado de S.Paulo

29 de julho de 2010 | 00h00

Lula disse que a Oi, agora com a participação do grupo português, vai ter papel importante para ajudar o País a implantar o seu Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). Embora se saiba que o presidente teve atuação fundamental para permitir o acordo, Lula observou que desconhece os detalhes das negociações. Segundo ele, o processo está sendo acompanhado pela equipe técnica do BNDES. Lula disse ainda que novos investimentos no Brasil serão sempre bem-vindos, desde que o controle continue nacional. Por fim, disse que "a Oi continuará a ser uma empresa brasileira da Silva".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.