Entenda como são avaliados os vencedores do Prêmio Top Imobiliário

Além de premiar as categorias Incorporadora, Construtora e Vendedora há entrega do troféu Performance e o Prêmio Pensador de Cidades

O Estado de S. Paulo,

16 de maio de 2014 | 16h54

SÃO PAULO - Com base nos rankings elaborados pela Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp) são premiadas com o Top Imobiliário as 10 empresas que mais pontuaram nas categorias Incorporadoras, Construtoras e Vendedoras. Os rankings são calculados a partir dos resultados obtidos pelas pesquisas mensais feitas pela Embraesp contabilizando os empreendimentos residenciais e comerciais lançados em toda a Região Metropolitana de São Paulo.

Cinco quesitos são avaliados: números de lançamentos, de blocos, de unidades, a área total construída e o VGV lançado. E para cada um desses resultados é atribuído um peso, a fim de dar maior relevância aos itens importantes de cada categoria. O percentual é convertido e toma a forma de um número puro, a ser considerado no cálculo geral da pontuação do ranking. Por fim, são somadas as pontuações nos cinco quesitos para cada uma das empresas nas categorias analisadas.  A pontuação total final de cada agente é a referência para montagem do "Ranking Geral", por categoria.

Peso por quesito 

Incorporadoras

Número de Lançamentos: 4

Número de blocos lançados: 2

Número de unidades lançadas: 3

Área total construída lançada (m²): 1

Valor Geral de Vendas lançado: 5

Construtora

Número de Lançamentos: 2

Número de blocos lançados: 4

Número de unidades lançadas: 3

Área total construída lançada (m²): 5

Valor Geral de Vendas lançado: 1

Vendedoras

Número de Lançamentos: 4

Número de blocos lançados: 2

Número de unidades lançadas: 3

Área total construída lançada (m²): 1

Valor Geral de Vendas lançado: 5

Troféu Performance. O premio é concedido a empresas que atingem o primeiro lugar nos cinco quesitos que formam o ranking. No entanto, se nenhuma das empresas alcançar a excelência, não há vencedores.

Prêmio Luiz Antonio Pompéia ao "Pensador de Cidades". Criado em 2003, em homenagem ao fundador-presidente da Embraesp, Luiz Antonio Pompéia, o prêmio é bienal e tem o objetivo de estimular iniciativas que contribuem para a inclusão e a melhor qualidade de vida dos cidadãos na metrópole. Para chegar ao vencedor, uma comissão julgadora ou membros do Conselho da Embraesp escolhe pessoas que contribuíram e se destacaram com soluções que melhoraram a qualidade de vida urbana no Estado de São Paulo. Sendo que qualquer pessoa, entidade e empresa pode indicar concorrentes ao prêmio.

Tudo o que sabemos sobre:
Top ImobiliárioImóveisConstrução

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.