Entenda melhor os ADRs

Os American Depositary Receipts (ADRs) são recibos de ações emitidos por empresas não-sediadas nos Estados Unidos que podem ser negociados no mercado norte-americano. No caso do Brasil, as emissões estão divididas nos níveis 1, 2 e 3. O ADR nível 1 só pode ser comercializado no mercado de balcão não-organizado. Nos recibos no nível 2, a empresa transforma os papéis brasileiros em ADRs e comercializa na Bolsa de Nova York. Já no nível 3, a companhia faz emissão primária e negocia os papéis no mercado secundário.Esses recibos podem representar ações preferenciais (PN, sem direito a voto) ou ordinárias (ON, com direito a voto). Mas a maioria dos papéis emitidos corresponde a ações preferenciais. Normalmente, só grandes e médias empresas conseguem lançar programas de ADR nos EUA, pois o volume de negociação é grande. Qualquer investidor brasileiro que tenha conta no exterior pode adquirir esses papéis. Mas, segundo analistas, é mais vantajoso comprar as ações correspondentes aos ADRs, já que o preço desses papéis estão sempre no mesmo patamar.

Agencia Estado,

20 de novembro de 2000 | 19h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.