Entenda o depósito compulsório e como ele influencia a economia

O depósito compulsório é uma das formas que o Banco Central (BC) tem para controlar a quantidade de dinheiro na economia. O compulsório obriga os bancos a depositar parte dos recursos captados dos clientes, via depósitos à vista, a prazo ou poupança, numa conta no BC. 

Economia & Negócios,

10 Fevereiro 2012 | 18h11

Ao aumentar a taxa do compulsório, o BC mostra que pretende reter mais dinheiro nessa conta, sobrando menos recursos, portanto, para os bancos emprestarem aos seus clientes. Quando diminui, ocorre o contrário.

Alguns analistas de mercado dizem que, ao elevar o compulsório, o BC abre espaço para uma alta da taxa de juros na ponta final, para o consumidor, já que os bancos terão pouco recurso e serão mais seletivos para emprestar.

Entre as medidas de política monetária, o compulsório não é a mais forte, mas ajuda a aumentar o poder de fogo do BC em relação ao combate à inflação. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.