Entidades pedem devolução de R$ 7 bi das contas de luz

A Frente de Trabalho de Energia Elétrica, formada por entidades de defesa ao consumidor, encaminhou à Casa Civil da Presidência da República documento reivindicando providências quanto ao ressarcimento aos consumidores de energia dos cerca de R$ 7 bilhões cobrados "indevidamente" por erro de metodologia de reajuste das tarifas. Segundo a entidade, o pedido enviado ao ministro Antônio Palocci nesta segunda-feira é referente aos valores cobrados a partir de 2002 até a correção no cálculo feita em 2009.

KELLY LIMA, Agencia Estado

25 de abril de 2011 | 19h56

Uma cópia dos documentos foi encaminhada aos ministros de Minas e Energia, Edison Lobão, da Fazenda, Guido Mantega, do Planejamento, Miriam Belchior, e ao diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Nelson Hubner. A Frente é formada pela Fundação Procon-SP, pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), pela Associação de Defesa do Consumidor (Proteste) e pela Federação Nacional dos Engenheiros.

Tudo o que sabemos sobre:
energiaconsumidortarifas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.