bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Entidades querem valorização do médico brasileiro

O CFM condena a entrada de médicos estrangeiros e de brasileiros com diplomas de medicina obtidos no exterior sem revalidação. "A criação de uma carreira para o médico do SUS asseguraria a presença de médicos e um efetivo atendimento nas áreas distantes e nas periferias dos grandes centros", diz a nota.

O Estado de S.Paulo

26 de maio de 2013 | 02h11

A SBP também é contrária a chegada de médicos estrangeiros no País sem revalidação do diploma. "Precisamos de um projeto de fixação do médico com melhores condições de trabalho em diferentes centros", diz o presidente da sociedade, Eduardo Vaz. Sandra Grisi espera que a questão seja discutida. "Devemos pensar nas condições de trabalho, e não só no profissional."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.