Entregamos Três Irmãos e vamos à Justiça, diz Cesp

O presidente da Companhia Energética de São Paulo (Cesp), Mauro Arce, disse nesta quinta-feira, 13, que a companhia irá entregar a usina de Três Irmãos, logo após o leilão marcado para o dia 28 de março, e vai contestar o processo de não renovação da concessão na Justiça. O certame previa a possibilidade de haver uma transição de seis meses, durante os quais a nova concessionária da usina abriria mão das receitas enquanto operaria os equipamentos em parceria com a Cesp. Mas, Arce descartou essa hipótese.

EDUARDO RODRIGUES, Agencia Estado

13 de março de 2014 | 17h21

Segundo ele, os questionamentos do Tribunal de Contas da União (TCU) à respeito das eclusas que fazem parte do complexo da usina foram respondidos ontem pela empresa. Arce deixou nesta quinta o ministério de Minas e Energia onde esteve reunido com outros empresários do setor de distribuição e com o ministro Edison Lobão.

Tudo o que sabemos sobre:
energialeilãoCespTrês Irmãos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.