Gabriela Biló/Estadão - 11/6/2021
Gabriela Biló/Estadão - 11/6/2021

Broadcast Live conversa com o ex-secretário do Tesouro Jeferson Bittencourt; acompanhe

Economista da ASA Investments, Bittencourt deixou o governo no ano passado junto de Bruno Funchal; assista ao vivo

Eduardo Laguna, O Estado de S.Paulo

28 de abril de 2022 | 15h31

O Broadcast Live recebe hoje, às 16h, o economista da ASA Investments e ex-secretário do Tesouro Nacional, Jeferson Bittencourt, para tratar das pressões sobre as contas públicas em meio à mobilização do funcionalismo federal por reajustes salariais.

 


Após deixar o governo, Bittencourt produziu junto com Bruno Funchal, também ex-secretário da equipe do ministro Paulo Guedes (Economia), estudos sobre modernização do arcabouço fiscal. Entre os passos defendidos pela dupla, está a fixação de um limite na dívida pública a ser respeitado pela política fiscal

Especialista em assuntos fiscais, Bittencourt trabalhou por 19 anos no Ministério da Fazenda, período em que, entre outros postos ocupados, foi secretário especial adjunto de Fazenda, subsecretário de política fiscal e tributária da Secretaria de Política Econômica e, por fim, chefe do Tesouro, cargo que exerceu entre maio e outubro de 2021. 

Cinco meses após pedir exoneração do governo por discordar da flexibilização da regra do teto, foi contratado pela ASA Investments para fazer parte da equipe de economistas da gestora de recursos criada pelo banqueiro Alberto Joseph Safra.

Além dos avanços necessários na política fiscal para estabilizar a dívida pública, e a capacidade do País de financiar o aumento das despesas públicas ao mesmo tempo em que anuncia a desoneração de impostos, as tendências para a economia, a inflação persistente e a consequente alta dos juros estão entre os temas a serem abordados no programa.

Para assistir ao programa, acesse o terminal Broadcast ou os canais da Agência Estado tanto do Youtube (https://www.youtube.com/watch?v=cMk5erOBhkk) quanto do Linkedin (https://www.linkedin.com/company/agencia-estado).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.