EPE habilita 36 projetos para leilão de energia A-5

A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) habilitou 36 projetos de geração para o leilão de energia A-5, marcado para o próximo dia 29. Os projetos, distribuídos em 13 Estados, somam capacidade instalada de 3.535 megawatts (MW) e devem abastecer o mercado consumidor brasileiro a partir de 2018.

ANDRÉ MAGNABOSCO, Agencia Estado

21 de agosto de 2013 | 16h41

A lista de projetos habilitados pela EPE após concluído o processo de habilitação técnica é composta por 16 projetos de termelétricas a biomassa (com oferta total de 919 MW), 16 Pequenas Centrais Hidrelétricas (376 MW), três termelétricas a carvão (1.840 MW) e uma hidrelétrica (400 MW). O projeto hidrelétrico é a usina Sinop, já esperada para este certame, situada no Teles Pires (MT).

De acordo com a EPE, outras 11 hidrelétricas se inscreveram, mas não foram habilitadas tecnicamente para o primeiro leilão A-5 deste ano. "Os outros projetos hidrelétricos cadastrados na EPE ainda não obtiveram a licença ambiental prévia necessária. Esses empreendimentos, entretanto, poderão ser incluídos no segundo leilão de energia A-5/2013, caso obtenham a documentação exigida", informou a EPE.

O segundo leilão A-5 está agendado para 13 de dezembro e pode contar com o projeto de São Manoel, também no Rio Teles Pires, com capacidade instalada de 700 MW.

Localização

O Rio Grande do Sul é o Estado que concentra a maior oferta de geração cadastrada para o leilão, com um total de 1.250 MW em dois projetos termoelétricos movidos a carvão. O terceiro projeto movido a carvão está localizado no Rio de Janeiro, com capacidade de 590 MW.

Do Mato Grosso, além da usina hidrelétrica de Sinop, foram habilitados três projetos de PCHs. Goiás (3), Minas Gerais (5), Paraná (1), Pernambuco (1) e Santa Catarina (3) também cadastraram projetos de PCHs.

São Paulo lidera o ranking de projetos de termelétricas a biomassa, com cinco projetos e 203 MW de capacidade instalada. As demais unidades de biomassa estão localizadas na Bahia (1), Goiás (1), Maranhão (1), Mato Grosso do Sul (4), Minas Gerais (3) e Piauí (1).

Tudo o que sabemos sobre:
energialeilão A-5

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.