EPE: País pode atender toda a demanda energética

O presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Mauricio Tolmasquim, disse hoje que o Brasil tem plena capacidade de fornecimento energético para atender um crescimento econômico superior ao do ano passado, que foi de 5,4%. "Não vamos enfrentar problema algum de energia", afirmou, em São Paulo, após palestra sobre suprimento de energias e fontes complementares à geração hidráulica, promovido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).O dirigente acrescentou que o governo "comemora" o interesse cada vez maior de investidores nas áreas de bioenergia e de energias alternativas. Segundo ele, a bioeletricidade é uma forma de energia muito competitiva, ecologicamente viável e com baixo custo para o consumidor. "Existe um grande potencial em São Paulo, Goiás, Mato Grosso e Minas Gerais", disse.Sobre um possível apagão energético, Tolmasquim ressaltou que em nenhum momento o governo trabalhou com essa possibilidade. "Nunca houve um risco real, porque se fosse necessário usaríamos as usinas termoelétricas que estão paradas. A situação atualmente é totalmente tranqüila", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.