EPE prevê contratação de 6 mil MW de energia eólica

A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) encaminhou ao Ministério de Minas e Energia (MME) os estudos da transmissão que permitirão a expansão do parque eólico nos próximos leilões de energia de nova. Os ativos permitirão a contratação de 6 mil MW de novos projetos nos Estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Bahia e Rio Grande do Sul.

WELLINGTON BAHNEMANN, Agencia Estado

29 de maio de 2013 | 15h40

Segundo a EPE, está prevista a construção de 1,765 mil quilômetros de linhas de transmissão e quatro novas subestações. Os estudos contemplam investimentos de R$ 2,5 bilhões. A expectativa da EPE é de que esses ativos sejam licitados ainda este ano, entrando em operação a partir de 2016.

Tudo o que sabemos sobre:
EPEenergia eólica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.