EPE: situação de abastecimento de energia é estável

O presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, classificou hoje como estável a situação de abastecimento de eletricidade no País. "A situação é de estabilidade, de tranqüilidade", disse ele, ao comentar que o crescimento do consumo de 5,5% ao ano, previsto em um cenário até 2017, é pouco superior ao traçado no ano passado, devido à perspectiva também de um melhor desempenho do Produto Interno Bruto (PIB). No ano passado, a EPE estimou, no cenário mais otimista, crescimento de 5,1% do consumo anual de energia elétrica, contando com uma previsão de PIB em 4,8%. Em 2007, o crescimento do PIB foi de 5,4%. Para o novo cenário, foi utilizada uma projeção de crescimento de 5% para a elevação do PIB em 2008. Segundo Tolmasquim, para que a oferta cubra a demanda, será necessário adicionar ao sistema entre 3,5 mil e 5,2 mil megawatts (MW) de capacidade instalada por ano, que, segundo ele, é o que já vem sendo feito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.