Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

EPE:data do leilão do Madeira fica mantida 'por enquanto'

O presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, disse hoje que, "por enquanto, o governo manterá a data do leilão da usina de Santo Antonio". O leilão da hidrelétrica - a primeira do Complexo do Rio Madeira, em Rondônia - está marcado para o dia 30 de outubro, mas algumas empresas interessadas na usina já manifestaram preocupação com a data, temendo que não haja tempo hábil para que sejam resolvidas a tempo todas as pendências, como a própria formação dos consórcios. A construtora Camargo Corrêa, por exemplo, que está formando um consórcio para participar do leilão, já pediu à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que ele seja adiado.Tolmasquim comentou que a data marcada para o leilão já está "no limite" para que possa ser aproveitada a "janela hidrológica" que permite o início das obras no próximo ano. Essa "janela" - época em que chove menos na região do Madeira - termina em setembro de 2008. "Se adiarmos o leilão, aí é que pode não dar tempo de usar a janela hidrológica", comentou Tolmasquim. Se isso acontecer, o início das obras pode ser adiado para 2009, o que comprometeria o cronograma definido pelo governo - segundo o qual a energia de Santo Antonio começaria a entrar no sistema em 2012.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.