EPL adia licitação para contratar gerenciadora do TAV

A Empresa de Planejamento e Logística adiou, mais uma vez, a licitação para a contratação da empresa ou consórcio que irá gerenciar os trabalhos das empresas responsáveis pelo projeto executivo do Trem de Alta Velocidade (TAV). A nova data foi marcada para 04 de junho. Inicialmente, a entrega das propostas técnica e de preços e a abertura dos envelopes estava prevista para 23 de abril, mas foi adiada para 02 de maio e depois, para 14 de maio.

LUCIANA COLLET E ANDRÉ MAGNABOSCO, Agencia Estado

09 de maio de 2013 | 17h21

No comunicado em que anuncia a nova mudança, a presidente da Comissão Especial de Licitação, Márcia Alves Brito, explica que a postergação garantirá a maior competitividade na licitação. O documento informa também que o adiamento foi decidido por causa de diversos relatos de licitantes estrangeiros, que disseram ter tido dificuldade na regularização da documentação para apresentação na licitação.

Nesta semana, o presidente da EPL, Bernardo Figueiredo, informou que o processo de escolha da gerenciadora tem surpreendido positivamente. Segundo ele, ao menos seis consórcios já se candidataram à concorrência, que prevê a associação de empresas estrangeiras com expertise na engenharia de projetos de alta velocidade com parceiros brasileiros. Ele não revelou o nome dos primeiros interessados no projeto.

Tudo o que sabemos sobre:
EPLgerenciadoraTAVadiamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.