EPL estuda nova etapa de concessões ferroviárias

O presidente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo, disse nesta segunda-feira que a estatal estuda uma nova etapa de concessões ferroviárias à iniciativa privada. Entre os trechos analisados, estão uma ligação entre Santarém (PA) e Porto Velho (RO), entre a Ferrovia Transnordestina e o Eixo Norte-Sul e uma integração com a malha da Argentina e do Peru.

WLADIMIR D'ANDRADE, Agencia Estado

05 de agosto de 2013 | 11h29

"Só vamos conseguir reverter o perverso quadro logístico se trabalharmos continuamente para isso", disse, ao defender novos projetos, em palestra no 12.º Congresso Brasileiro do Agronegócio, em São Paulo. Figueiredo afirmou também que as primeiras licitações portuárias após entrar em vigor a nova legislação do setor deverão ficar para setembro, a começar por Santos (SP) e Belém. Nos meses seguintes - outubro, novembro e dezembro - deverão, de acordo com ele, ser levadas a cabo licitações nos demais portos brasileiros. O processo no setor portuário prevê investimentos de R$ 20,2 bilhões em concessões com prazo de 25 anos com possibilidade de uma única renovação.

Tudo o que sabemos sobre:
Bernardo FigueiredoEPLferrovias

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.