Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Equador não pagará juros do título Global 2015

A ministra de Finanças do Equador, Maria Elsa Viteri, confirmou hoje que o governo não vai atender a um pagamento de juros no valor de US$ 30,9 milhões sobre o bônus Global 2015, que vence hoje. "No momento, o pagamento de juros relativos aos bônus Global 2015 venceu e estamos em um default (moratória) técnico", afirmou Viteri. Na sexta-feira, o presidente equatoriano, Rafael Correa, afirmou que o governo do Equador não faria nenhum pagamento de juros com vencimento hoje referente ao bônus Global 2012 do país. O não-pagamento provoca um default sobre os bônus globais pendentes, no valor de US$ 3,9 bilhões, o segundo default do Equador em menos de uma década. O Equador tem três bônus globais no mercado: US$ 510 milhões em bônus para 2012, com cupom de 12%; US$ 650 milhões em bônus para 2015, com cupom de 9,375%; e US$ 2,7 bilhões em bônus para 2030, com cupom de 10%. Correa, que assumiu o cargo no início de 2007, disse repetidas vezes que seu governo não pagaria dívidas que ele considera "ilegítimas" ou "ilegais". O presidente também afirmou que investiria em programas sociais antes de pagar o serviço da dívida. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.