Equador pede inclusão no Mercosul como membro associado

O presidente do Equador, Rafael Correa, explicou nesta sexta-feira que solicitou a inclusão do seu País no Mercosul como membro associado, e não como membro pleno, como são Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela. "Nunca pensamos em entrar como membros plenos, como associados as resoluções não são obrigatórias, ainda que os direitos também não", disse. Ele não descartou a possibilidade de que o Equador venha a ser um membro pleno "no futuro", mas afirmou que está mais interessado na aproximação entre a Comunidade Andina (CAN) da qual o Equador faz parte e o Mercosul. Correa concedeu rápida entrevista após o final da reunião de Cúpula do Mercosul, encerrada nesta tarde no Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.