Erro do Banco Central derruba câmbio

Um erro na publicação de uma operação de crédito externo na edição eletrônica do Diário Oficial da União sacudiu o mercado de câmbio na tarde desta segunda-feira. O dólar, que passou praticamente todo o dia em alta, começou a despencar depois do horário do almoço. De manhã, o dólar chegou a subir 0,27%, sendo negociado a R$ 1,8310. No encerramento dos negócios, o dólar caía 0,16%, fechando na mínima do dia (R$ 1,8230).Conforme apurou a editora da coluna AE-Mercado, Andréia Lago, a página da Internet do Diário Oficial do dia 21 de junho trouxe uma informação que não deveria ter sido publicada. Segundo a nota, o Tesouro Nacional estaria montando uma operação de crédito externo mediante a emissão e venda de títulos destinada à recompra de bônus Brady - títulos da dívida externa brasileira. A operação envolveria a quantia de até US$ 3 bilhões.Operadores do mercado de câmbio comentaram que a cotação do dólar, que mantinha-se em alta desde o período da manhã, começou a cair à tarde com alguns bancos se destacando na ponta de venda.O desmentido do Banco Central veio seis minutos depois, às 17h28. O repórter Gustavo Freire apurou que deverá ser publicado ainda amanhã no Diário Oficial um "sem efeito" da autorização dada pelo ministro da Fazenda, Pedro Malan, para que o Brasil fizesse uma operação de troca de aproximadamente US$ 3 bilhões de dívida externa. Segundo a assessoria do BC, a autorização foi pedida porque trabalhava-se com a possibilidade de se fazer uma emissão apenas de captação e com a operação de troca. E o BC optou por fazer uma operação de captação, deixando de lado a realização de uma troca de dívida neste momento.Mas, de qualquer forma, a volatilidade no câmbio não está surpreendendo ninguém nesses últimos dias de junho. Os fatores que mais favorecerão as oscilações serão: a reunião do Fed - banco central norte-americano - a partir de amanhã, a oscilação do peso mexicano, e o vencimento dos contratos futuros de câmbio. Além disso, haverá movimentação porque alguns bancos precisarão comprar ou vender dólares para ajustar suas aplicações financeiras ao final do semestre.Veja a seguir mais informações sobre o fechamento dos mercados hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.