Erro do BC também afeta juros

O mercado de juros teve uma segunda-feira calma e de bons negócios, animado pelo comportamento positivo de Nova Iorque, onde a opinião majoritária dos analistas é de que o FED - banco central norte-americano - não elevará os juros norte-americano. A decisão será anunciada na quarta-feira. Os títulos de juros prefixados para operação de swap com base em 252 dias úteis, o melhor indicador de juros de longo prazo, fecharam estáveis em 18,91% ao ano.O anúncio equivocado, na edição eletrônica do Diário Oficial, de uma operação de troca de dívida externa de cerca de US$ 3 bilhões, causou alguma oscilação adicional no mercado de juros. Mas, após o desmentido do Banco Central, as taxas eliminaram este efeito.Os investidores deverão ir em peso ao relançamento dos títulos prefixados de um ano em leilão do Tesouro, a ser realizado amanhã. A expectativa do mercado é que as taxas de juros pedidas deverão estar em patamar aceitável pelo governo. O lote-teste é pequeno (500 mil papéis) e o leilão deve ter uma boa procura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.