Esclarecimento

Diferentemente do que foi informado na reportagem intitulada ''''Marina admite cana na Amazônia'''', publicada na página B11 da edição de ontem do caderno de Economia, a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, esclarece, por meio de sua assessoria, nunca ter admitido o plantio de cana-de-açúcar na Amazônia para uso de biocombustível.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.