Espanha aprova pacote de austeridade de 15 bilhões de euros

Pacote de austeridade quer reduzir o déficit orçamentário do governo espanhol pela metade.

BBC Brasil, BBC

20 de maio de 2010 | 19h57

O governo da Espanha aprovou um plano de austeridade de 15 bilhões de euros (quase R$ 34 bilhões ou US$ 19 bilhões) para tentar reduzir os gastos públicos e tentar diminuir os temores de contágio pela crise que atingiu a Grécia.

O programa visa reduzir o déficit orçamentário do governo espanhol, hoje equivalente a 11% do Produto Interno Bruto (PIB), para 6% até 2011.

O plano, divulgado na semana passada pelo primeiro-ministro José Luis Rodriguez Zapatero, vai envolver um corte de 5% nos salários do funcionalismo público ainda em 2010.

Muitos espanhóis temem o efeito destes cortes na economia do país. A taxa de desemprego na Espanha supera os 20%, o dobro da média entre os países da zona do euro.

Na semana passada o país recebeu boas notícias quando estatísticas mostraram que a Espanha tinha conseguido sair da recessão no primeiro trimestre de 2010, apresentando um crescimento de 0,1%.

A União Europeia espera ansiosamente que as economias mais frágeis do bloco, incluindo Espanha, Portugal e Grécia, imponham medidas de austeridade.

Em maio o bloco aprovou um pacote de ajuda de 750 bilhões de euros para dar apoio a economias europeias que estejam em dificuldades devido a dívidas. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.