Espanha formaliza pedido de ajuda à União Europeia

A União Europeia (UE) recebeu um pedido formal de ajuda financeira da Espanha para recapitalizar seu setor bancário, afirmou o Eurogroupo (grupo formado pelos ministros de Finanças da zona do euro), sem revelar o montante requerido pelo governo espanhol.

O Estado de S.Paulo

26 de junho de 2012 | 03h04

Segundo o presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker, o órgão permitirá, em consulta ao Banco Central Europeu (BCE) e à Autoridade Bancária Europeia, que a Comissão Europeia negocie as condições necessárias para oferecer apoio financeiro.

As condições incluem planos para reestruturação, em linha com as negociações da União Europeia para fornecer ajuda estatal, afirmou Juncker.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) fornecerá assistência técnica e monitoração regular do programa. O Eurogrupo vai emitir uma resposta formal "no devido tempo", disse Juncker.

"Eu estou confiante que podemos concluir um acordo sobre o Memorando de Entendimento em questão de semanas, então, podemos prosseguir com o esforço de reestruturação", afirmou o comissário europeu para relações econômicas e monetárias, Olli Rehn,em um comunicado.

No início do mês, o ministro das Finanças da Espanha, Luis de Guindos, fechou acordo para pedir até 100 bilhões em ajuda financeira. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.