Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Especial 'Carretera Panamericana' ganha prêmio internacional

'Carretera Panamericana' mostrou a aventura de três brasileiros que desbravaram mais de 27 mil quilômetros de estradas, durante 10 anos

O Estado de S.Paulo

10 de novembro de 2017 | 19h14

O 'Estado' foi um dos premiados no ÑH17, concurso que elege anualmente os melhores trabalhos de design editorial de veículos jornalísticos de Espanha, Portugal e América Latina. Concorrendo com 2,5 mil reportagens de 96 meios de 15 países diferentes, o especial Carretera Panamericana ganhou medalha de bronze na categoria coberturas informativas/ melhor cobertura multimídia.

Com reportagem e edição de Luciana Garbin, o especial teve direção de arte de Fabio Sales, infografia de William Mariotto, modelagem 3D de Jonatan Sarmento e webdesign de Tiago Henrique. A edição de vídeos foi de Mariana Goulart Hueb.

Outros veículos brasileiros premiados no ÑH17 foram os jornais Extra, Globo e Folha, os sites Nexo e Metrópoles e as revistas Saúde é Vital, O2 e Superinteressante.

Com mapa multimídia, textos, vídeos e projeto para impressão em 3D, o especial Carretera Panamericana mostrou a aventura de Leônidas Borges de Oliveira, Francisco Lopes da Cruz e Mario Fava, três brasileiros que desbravaram mais de 27 mil quilômetros de estradas, picadas, matas, rios e riachos de 15 países nas três Américas entre 1928 e 1938.

+ Pronunciamento de ministro sobre reforma trabalhista vai ao ar nesta noite

+ Com nova lei, hospital de SP elimina folga para quem trabalhar durante o feriado

Em dois Fords T, eles foram do Rio de Janeiro a Nova York com uma missão: fazer o projeto para Estrada Pan-Americana. Boa parte do caminho foi aberta a pás, picaretas e bananas de dinamite. Pelas cidades, os expedicionários eram tratados como visitas ilustres. Nos Estados Unidos, ponto final da expedição, foram recebidos pelo então presidente Franklin Delano Roosevelt na Casa Branca, reuniram-se com o lendário Henry Ford em Detroit e receberam permissão para dirigir do “intocável” Eliot Ness.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.