Especulação faz o preço do petróleo subir forte

Os contratos futuros de petróleo para agosto subiram 3,28% em Nova York e avançaram 2,42% em Londres, alcançando os preços mais elevados em um mês, impulsionados por compras de especuladores diante das preocupações com relação a oferta e problemas na Nigéria, Rússia e Iraque.No Iraque, um ataque terrorista interrompeu o fluxo de um importante oleoduto no final de semana, reduzindo a produção do país em 50%. Na Rússia, as dificuldades financeiras da maior companhia de petróleo do país, a Yukos, também alimentaram a alta dos preços no mercado futuro. Na Nigéria, a francesa Total declarou "força maior" sobre a produção - cláusula que permite o não cumprimento de contratos - depois que os petroleiros ameaçaram fazer greve. A Mobil Producing Nigeria, a segunda maior produtora do país, também está enfrentando ameaças de greve.Para o analista de energia do Citigroup em Houston, Kyle Cooper, com a retomada da tendência de alta provavelmente haverá mais compras. "E não ficaria surpreso se houver ainda mais compras", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.