Especular sobre resgate é prematuro, diz FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) disse ontem que "é prematuro especular" se Portugal vai precisar de um novo programa de empréstimo. Segundo um porta-voz do Fundo, a diretoria do FMI vai se reunir em breve para revisar o acordo com Portugal e avaliar se o país cumpriu as metas para o próximo desembolso de 26 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.