coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Espera pelo Fed anima mercados

Bovespa supera 65 mil pontos e dólar vai a R$ 1,75 com aposta de corte de juro pelo BC americano amanhã

Claudia Violante, Paula Laier e Denise Abarca, O Estadao de S.Paulo

30 de outubro de 2007 | 00h00

A Bolsa paulista abriu a semana com recorde de pontuação, avançando ontem além dos 65 mil pontos, e giro financeiro robusto, reforçado pela estréia de ações de mais três empresas no Novo Mercado. O Ibovespa subiu 1,20%, para 65.044,3 pontos. A manutenção de queda do dólar colocou a moeda no patamar de R$ 1,75. A divisa caiu 0,68% no balcão, a R$ 1,757, e 0,79% na BM&F, a R$ 1,754. Os juros futuros acompanharam o bom humor e recuaram. O contrato para janeiro de 2010 ficou em 11,51%. Em Nova York, a alta do preço do petróleo, que superou US$ 93 por barril, não desviou as bolsas do terreno positivo. O que sustentou o otimismo do mercado foi a aposta de que os sinais de fraqueza da economia dos EUA levarão o Federal Reserve a cortar o juro em 0,25 ponto porcentual na reunião de dois dias que começa hoje, para 4,50%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.