Marcio Fernandes/Estadão
Marcio Fernandes/Estadão

Doria quer anunciar definição sobre fábrica da Ford no ABC em 15 dias

Caoa está em negociação para assumir instalações da montadora ; governador anunciou a criação de 11 polos de desenvolvimento econômico para a indústria nesta quinta-feira

Thaís Barcellos, O Estado de S.Paulo

23 de maio de 2019 | 14h18

O governador de São Paulo, João Doria, disse nesta quinta-feira, 23, que espera confirmar em 15 dias o não fechamento da fábrica da Ford no ABC. "Esperamos anunciar em 15 dias uma definição", afirmou, durante evento em que anunciou a criação de 11 polos de desenvolvimento econômico para a indústria.

A Ford informou em fevereiro que fecharia ao longo de 2019 as atividades da fábrica de São Bernardo do Campo. O governo do Estado passou a ajudar na busca por possíveis interessados em comprar a instalação para mantê-la em atividade e preservar os empregos. Por enquanto, a Caoa é a empresa que mantém negociação mais avançada com a montadora. 

Polos industriais

Segundo Doria, os 11 polos de desenvolvimento econômico para a indústria fazem parte de um conjunto de medidas para apoiar empresas que já estão em São Paulo. "Em financiamento, teremos linha da Desenvolve-SP e facilitaremos demandas junto ao BNDES", afirmou. 

O governador disse que é "totalmente favorável" a medidas federais de simplificação tributária e unificação de impostos no âmbito de uma reforma tributária. "São Paulo não precisa de guerra fiscal para atrair investidores internacionais", afirmou. "Não fazemos, não faremos e não admitimos guerra fiscal."

Ele também afirmou que empresas anunciaram investimentos em São Paulo, mesmo antes da aprovação da reforma da Previdência. "Que virá", garantiu. 

Doria ainda defendeu a privatização do Porto de Santos, cujo processo, segundo ele, deve ser anunciado no segundo semestre pelo governo federal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.