Esperança com BCE anima bolsas europeias

A expectativa de que o Banco Central Europeu tomará medidas contra a crise na zona do euro levou as bolsas europeias a fecharem em alta ontem. Além disso, a Espanha emitiu um volume de títulos acima do previsto pagando taxas menores do que no leilão anterior, derrubando os yields (taxa de retorno ao investidor) dos bônus de Espanha, Itália e Portugal. O sentimento positivo ganhou força com a notícia de que a China avalia estímulos para o segundo semestre. A bolsa de Londres subiu 0,6%, Frankfurt +0,8%, Madri +1,0% e Milão +2,4%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.