Juros

E-Investidor: Esperado, novo corte da Selic deve acelerar troca da renda fixa por variável

Esquema de pirâmide leva 28 para a cadeia em Pequim

Principal condenado terá que pagar multa de US$ 44 milhões, além de passar 15 anos atrás das grades

Efe,

23 de março de 2009 | 05h19

Um tribunal de Pequim condenou nesta segunda-feira, 23, a prisão a 28 pessoas por participarem do maior esquema de pirâmide já registrado na capital chinesa, segundo anunciou a imprensa oficial.

 

Os condenados, que trabalhavam para a companhia de plantação de árvores Yilin Wood, foram acusados de enganar os investidores em uma fraude que chegou a US$ 246 milhões, enquanto lhes prometiam altos lucros através de investimentos florestais.

 

Eles foram condenados a penas que variam de um a 15 anos de prisão. Zhao Pengyun, principal condenado ainda terá que pagar uma multa de US$ 44 milhões, além de passar 15 anos atrás das grades.

Tudo o que sabemos sobre:
PequimChinapirâmide financeira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.