Esquema tinha 11 intermediários

Operação tentava proteger a matriz da Cisco nos EUA

O Estadao de S.Paulo

19 de outubro de 2007 | 00h00

Cinco empresas americanas e seis brasileiras serviam de intermediárias para a comercialização de produtos da multinacional Cisco Systems Inc. dos Estados Unidos para o Brasil, os quais, na prática, eram comprados pela Mude Comércio e Serviços Ltda. Para que a matriz da Cisco não aparecesse, as empresas americanas oficializavam a exportação por meio da Mude americana. No Brasil, a importação era feita pelas empresas menores, sem que a Mude brasileira aparecesse.A investigação feita pela Polícia Federal, Receita Federal do Brasil e Ministério Público Federal na Operação Persona, segundo o Estado conseguiu levantar, lista entre as cinco empresas americanas exportadoras a Stech International, a Latam Technology Corp. e a Superkit International Inc., esta localizada em Miami (Flórida).Eram elas que oficializavam as exportações dos produtos, que a Mude adquiria da Cisco americana. O site da Superkid, por exemplo, especificava que ela era especialista ''''na aquisição e exportação de produtos de computador e componentes eletrônicos para o Brasil''''.Na outra ponta, no Brasil, das seis empresas que atuavam como importadoras, o Estado identificou a ABC Industrial da Bahia Ltda, a Brastec Tecnologia e Informática, a Nacional Distribuidora de Eletrônicos e a Waytec Comercial Ltda.As quatro companhias têm sede na Bahia, sendo que a Nacional se localiza em Salvador, a ABC, em Lauro de Freitas (vizinho de Salvador), e as outras duas, em Ilhéus, no Pólo de Informática local.A Brastec, com apenas seis funcionários e um capital de R$ 374 mil, este ano recebeu o prêmio Sesi de Qualidade no Trabalho, entregue em 5 de setembro na Federação das Indústrias da Bahia.Na justificativa do prêmio foi explicitado que ela apresentou ''''trabalho diferenciado de gestão e investimento na qualidade de vida de seus colaboradores''''.A Waytec Tecnologia é fabricante de monitores, tendo se especializado em telas de cristal líquido.Em 2001, foi criada a Waytec Manufatura, para a produção de equipamentos de alta tecnologia, e a Waytec Comercial, que passou a atuar como importadora e distribuidora de produtos acabados, principalmente de rede. Na época, seus diretores anunciaram a Mude como um dos clientes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.