Estacionamentos: lazer mais caro em SP

Bairros da cidade de São Paulo, com grande concentração de bares e casas de espetáculo, reúnem estacionamentos com as vagas mais caras da cidade. Exemplo disso é a Bela Vista (Bexiga), onde se percebe a formação de um verdadeiro cartel de estacionamentos. A vaga chega a custar R$ 10,00. Isso é quase o valor do ingresso de algumas peças que estão em cartaz.Uma opção para fugir dos altos preços dos estacionamentos é arriscar parar o carro na rua. Não é exatamente um bom negócio. Os "flanelinhas" cobram R$ 9,00 para "tomar conta" do automóvel. Quem não pagar pode ter o carro riscado. O abuso dos preços e a má qualidade do serviço prestado nos estacionamentos originaram 69 reclamações ao Procon, órgão de defesa do consumidor, no primeiro semestre deste ano.De acordo com a Secretaria de Direito Econômico do Ministério da Justiça, responsável pela prevenção e repressão a infrações de ordem econômica, a formação de cartel por um setor descaracteriza a lei econômica da livre concorrência, o que implica abertura de inquérito. As empresas envolvidas serão notificadas pela Secretaria e terão prazo para apresentar a defesa. As multas variam de 1% a 30% do faturamento bruto do ano anterior ao processo. As denúncias podem ser feitas por fax (0xx61) 321-7604 ou pela Internet (veja link abaixo).A região da Augusta oferece opçõesNo circuito cultural da Rua Augusta, que compreende as salas de cinema do Espaço Unibanco e o Cinesesc, a grande oferta de estacionamentos legalizados inibe a possível atuação dos clandestinos. As empresas que atuam no ramo naquela região concorrem entre si. A Massis Estacionamento cobra R$ 3,00 por meia hora em um ponto da Rua Luís Coelho. Ao lado, na mesma via, o estacionamento que leva a mesma marca cobra pelos 30 minutos, R$ 4,00.Para fugir dos preços considerados altos, alguns freqüentadores da região optam por deixar os veículos nas transversais da Rua Augusta. Nesses casos, geralmente contratam o trabalham dos flanelinhas, que se intitulam guardadores de carros. A maioria cobra R$ 1,00.Veja na seqüência os estacionamentos que anunciam seguro e vagas suficientes, porém deixam os veículos na rua.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.