Joédson Alves / EFE
Jair Bolsonaro assinou diversos atos em solenidade que marcou o centésimo dia de seu governo Joédson Alves / EFE

'Estadão' e FGV debatem 100 dias do governo Bolsonaro

Evento reúne pesquisadores do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre/FGV), convidados e jornalistas do 'Estadão'; acompanhe ao vivo

Daniel Fernandes, O Estado de S.Paulo

11 de abril de 2019 | 21h44

RIO - Analisar os 100 primeiros dias do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). É esta a proposta de evento que ocorre nesta sexta-feira, 12, no Rio de Janeiro. O debate contará com pesquisadores do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getúlio Vargas (FGV), convidados e jornalistas do Estado.

O primeiro painel debaterá a reforma da previdência e o ajuste fiscal pretendido pelo governo. Sob a condução de Celso Ming, colunista do Estadão, a discussão contará com Manoel Pires, Bruno Ottoni, Silvia Matos e Carlos Pereira, todos do Ibre.

A segunda etapa, que terá mediação conduzida pela jornalista e colunista do Estadão Adriana Fernandes, contará com os pesquisadores do IBRE Fernando Veloso, Samuel Pessôa, Octávio Amorim; também participará Roberto Fendt, que é secretário executivo do Conselho Empresarial Brasil-China. O tema do debate será a agenda liberal do atual governo.

As considerações finais serão feitas por Armando Castelar, que é o coordenador da Economia Aplicada do Ibre. Em recente entrevista ao Estado, Castelar considerou que o governo de Jair Bolsonaro apresentou planos “ambiciosos” para a área econômica, mas pecou na articulação capaz de garantir a aprovação da principal proposta: a reforma da Previdência.

“É importante o presidente conversar com os partidos. Mas há a demanda de o presidente se identificar com a reforma. Ele tem dado declarações dúbias a respeito. Não está identificado com a reforma da Previdência”, afirmou.

Panorama. Para marcar os 100 dias de governo, Bolsonaro assinou na última quinta-feira (11) um conjunto de 18 atos. Os atos envolvem assuntos relacionados  a diversas pastas, como Educação e Economia.

Veja a programação completa do evento:

Painel I – A Reforma da Previdência e o Ajuste Fiscal

Moderação: Celso Ming – colunista do O Estado de S. Paulo

Debatedores:

Manoel Pires – FGV IBRE

Bruno Ottoni – FGV IBRE

Silvia Matos – FGV IBRE

Carlos Pereira – FGV EBAPE

 

 Painel II – A Agenda Liberal

Moderação: Adriana Fernandes – colunista do O Estado de S. Paulo

Debatedores:

Fernando Veloso – FGV IBRE

Samuel Pessôa – FGV IBRE

Roberto Fendt – Secretário Executivo do Conselho Empresarial Brasil-China

Octávio Amorim - FGV EBAPE

 

Considerações finais

Armando Castelar – Coordenador da Economia Aplicada do FGV IBRE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.